O mundo mudou. Em vários aspectos. Vivemos a era digital, em que as distâncias estão cada vez menores, e cada um de nós recebe diariamente uma avalanche de mensagens dos mais variados tipos. Temos quase tudo de que precisamos na palma da nossa mão graças aos smartphones, e a competição pelos corações e mentes do público está cada vez mais acirrada.

Mas como essa nova realidade afeta as estratégias de marketing das marcas?

Se antes existia uma comunicação unidirecional o negócio passava a mensagem e o consumidor a absorvia sem questionamentos , hoje há uma via de mão dupla. O consumidor virou um ator relevante nesse relacionamento. E a internet é o principal propulsor dessa dinâmica.

Quem trabalha com marketing atualmente sabe que não basta produzir uma comunicação simples e unidimensional entre a marca e os consumidores. É necessário criar empatia e proporcionar uma conexão verdadeira entre eles. Para atingir esse objetivo, elas precisam ser humanizadas.

Mas como fazer isso? Uma ferramenta interessante é a criação de vídeos. Isso porque um vídeo bem-feito tem o poder de apresentar uma marca ao seu público de forma interessante e eficiente, destacando suas características principais, seus ideais e propósitos e deixando claro por que os consumidores devem prestar atenção a ela.

O poder de viralização e engajamento dos vídeos nas redes sociais também é um motivo e tanto.   

Neste artigo, vamos explicar o que é a humanização das marcas e como essa estratégia deve ser utilizada. Também mostraremos por que o uso dos vídeos é útil para atingir o objetivo de aproximá-las do seu público-alvo. Vamos lá?

Afinal, o que é humanização das marcas?

Se, no passado, a marca era usada pelas empresas apenas para criar identificação visual e definir os diferenciais dos seus produtos, hoje ela se torna muito mais do que isso. Ela é inspiração, fala diretamente com seu público, tem valores bem definidos e sabe comunicá-los para encantar quem deseja.

A relação com o público é quase como uma relação de amizade que é construída aos poucos. O objetivo dessa estratégia é a fidelização.

Funciona assim: quando o consumidor está na frente da prateleira de um supermercado, ele tem o poder de optar por qualquer produto, mas acaba escolhendo aquela marca que ele conhece e confia. Se o preço for equivalente ao das outras, então, ele não vai nem pensar em trair sua preferida.

O que esse exemplo nos mostra? Que hoje, mais do que nunca, o público busca empatia com as marcas que consome. Para conseguir isso, elas devem saber identificar os desejos do seu consumidor para satisfazê-lo e, assim, se tornar relevantes para ele.

Humanizar é, portanto, tornar a marca mais humana. Para isso, é preciso dar a ela características que vão criar um relacionamento bem-sucedido com seu público-alvo. Uma marca pode ser alegre, poderosa ou gentil, pode ajudar os necessitados, valorizar uma comunidade e por aí vai. E quem se identifica com essas características vai se identificar também com aqueles que as transmitem.

A concorrência é gigante, e o acesso à informação sobre produtos e serviços na internet é ilimitado. Por isso, é certo que quem sabe se aproximar do seu público tem vantagem competitiva no mercado.

Mas isso não acontece da noite para o dia. É necessário muito trabalho para identificar as melhores estratégias para unir empresas e consumidores e gerar uma empatia real entre eles.

A seguir, vamos mostrar como construir uma relação mais humanizada com o público.

Como humanizar as marcas?

Para isso, é preciso torná-las próximas dos seus públicos e criar uma relação de troca de experiências entre eles. Identificar quais características são necessárias para encantar seu consumidor é o primeiro passo.

Sabendo disso, o passo seguinte é utilizá-las nas estratégias de comunicação que mostraremos abaixo.

Estratégia 1: Utilizar a técnica de storytelling

O storytelling nada mais é do que a arte de contar histórias. E essa é uma das formas mais eficientes para envolver o público. Uma história bem contada gera empatia, aproxima e emociona as pessoas. Por isso, essa técnica é perfeita para criar identificação e engajamento com as marcas.

E as histórias contadas podem ser reais ou fictícias. O importante é que elas estejam em sintonia com a personalidade da organização. Outro ponto positivo dessa estratégia é que quando o público curte, ele acaba compartilhando com seus amigos e conhecidos, tornando o alcance da mensagem ainda maior.  

Estratégia 2: Aproveitar o potencial das redes sociais

É nas redes sociais que grande parte do público está. Só no Facebook, o contingente é de 102 milhões de brasileiros compartilhando momentos, conhecendo marcas, divulgando (voluntária ou involuntariamente) produtos… E é a partir dessas redes que as organizações podem se aproximar do seu consumidor.

Mas não basta estar presente nas principais mídias sociais. É preciso produzir conteúdos conectados às suas principais características e estimular o engajamento dos seguidores. Tornar as pessoas parte da conversa é muito importante para a humanização das marcas.

Estratégia 3: Produzir eventos inesquecíveis

Um evento bem-sucedido não vai apenas promover uma marca. Ele vai aproximá-la ainda mais do público. E os consumidores escolhidos para participar do evento vão se sentir conectados a ela. Se a experiência for memorável, então, melhor ainda. Isso porque essas pessoas podem acabar se tornando verdadeiros promotores dela para a própria rede de contatos.

Como os vídeos podem ajudar?

A produção de peças audiovisuais é uma ótima ferramenta para humanização das marcas. Quer saber por quê?

  • Um vídeo com roteiro bem-feito e cheio de originalidade consegue encantar, envolver e emocionar o público;

  • ele cria identificação imediata com a mensagem que se quer passar;

  • o vídeo marketing é uma maneira eficiente de impactar muito mais pessoas do que posts com texto ou foto;

  • o vídeo tem grande potencial de compartilhamento e viralização, levando a mensagem para um público maior.

Mas atenção: é preciso contar com ajuda especializada para criar vídeos com qualidade técnica e roteiro pensado para criar empatia, encantar e engajar o público. Conteúdo amador ou de má qualidade pode prejudicar a estratégia e manchar a reputação de uma marca, por isso, todo cuidado é pouco.

Se você está em busca de uma empresa especializada em produção de vídeos, não deixe de conhecer a TK Filmes, produtora de filmes publicitários e vídeos comerciais e institucionais. Entre em contato conosco!