Não dá mais para imaginar o mundo sem as plataformas de vídeos que temos hoje. Antigamente, se você precisasse fazer uma campanha televisiva para atingir pessoas do país inteiro, teria que desembolsar uma quantia considerável de dinheiro. Felizmente, com a chegada da era digital, tudo mudou. Por isso, cada vez mais empresas procuram saber como anunciar no YouTube.

A plataforma nasceu em 2005 e tornou-se o segundo site mais acessado do mundo, perdendo apenas para o Google, companhia da qual o YouTube faz parte. Apenas com essa informação, já conseguimos perceber o fenômeno que os vídeos se transformaram. Logo, se o anunciante quer alcançar um público grande e causar boa impressão, apostar em campanhas audiovisuais é, sem dúvidas, a escolha ideal.

Quer saber se vale a pena anunciar no YouTube, descobrir o formato mais indicado e conhecer o passo-a-passo para divulgar o seu primeiro anúncio? Continue lendo e confira!

Vale a pena anunciar no YouTube?

Caso você produza um material de qualidade, segmente bem a sua campanha e tenha uma boa estratégia de conteúdo, saiba que não haverá desperdício financeiro. Em anúncios no formato True View, por exemplo, você só paga quando o usuário assiste ao vídeo durante 30 segundos ou interage de alguma maneira, como cliques em CTAs, banners e miniaturas.

Mesmo na modalidade bumper, em que o vídeo é reproduzido por seis segundos e não há a opção de pular o anúncio, ainda é vantajoso, pois você sabe que ele será visualizado integralmente. Nesse caso, a cobrança será por impressão.

Fora a questão financeira, existem diversos benefícios em anunciar no YouTube. Entre eles, podemos citar:

  • o site conta com mais de 1 bilhão de usuários, portanto, tem muito alcance;
  • é você quem define o orçamento da campanha;
  • é possível segmentar os anúncios por palavras-chave ou perfil demográfico;
  • você pode monitorar o desempenho das campanhas e saber mais sobre o seu público-alvo por meio do Google Analytics.

Qual é o formato de anúncio mais indicado?

Assim como todas as ações de marketing digital com vídeos, tudo depende da sua estratégia. Se você precisa educar seu público sobre um produto ou serviço, um material de longa duração é uma ótima escolha. Caso seu objetivo seja só divulgar uma promoção, um banner pode resolver bem essa questão.

Poucos se dão conta, mas, além de vídeos, a plataforma permite que você insira anúncios gráficos. Sendo assim, você tem mais opções na hora de criar uma estratégia promocional. Porém, o impacto é menor comparado ao conteúdo audiovisual.

Veja abaixo os principais formatos de anúncios permitidos pelo YouTube!

Anúncios gráficos

Os anúncios gráficos existem desde antes do surgimento do YouTube. Você já deve ter se deparado com vários deles em sites, blogs e portais de notícias. Normalmente, são imagens estáveis com um texto informativo e um CTA. Esse formato só pode ser visualizado em computadores e fica na lateral direita do vídeo.

Anúncios de sobreposição

Apesar de também serem gráficos, os anúncios de sobreposição dificilmente são ignorados. Isso acontece porque eles aparecem sobre o vídeo, na parte inferior, e ocupam 20% do espaço. Essa opção é bastante indicada quando você quer direcionar o espectador para o site da sua empresa.  

Anúncios puláveis em vídeo

Talvez seja esse o formato mais conhecido pelos usuários do YouTube. O anúncio é reproduzido antes, durante ou depois do vídeo principal, sua duração é mais longa que os demais e o espectador tem a escolha de pular após cinco segundos. Uma das grandes vantagens desse modelo é que ele funciona em qualquer dispositivo, como TVs, tablets, smartphones e computadores.

Anúncios não puláveis em vídeo

Os anúncios não puláveis possuem 15 ou 20 segundos de duração e, como o próprio nome sugere, o espectador deve assistir ao vídeo inteiro para acessar o conteúdo principal. Alguns anunciantes têm receio em optar por esse formato, pois os usuários podem se sentir incomodados. Os criadores de conteúdo discordam, afinal, essa é uma excelente maneira de aumentar a receita do canal.

Anúncios bumper

Se você faz parte da lista de anunciantes que têm dúvidas em relação à modalidade anterior, essa pode ser uma boa saída. Apesar de serem não puláveis, os anúncios bumper têm curta duração, apenas seis segundos de vídeo. Portanto, sua mensagem deve ser curta e impactante — é a opção ideal para criar reconhecimento da marca.  

Cartões patrocinados

Os cartões patrocinados, também chamados de cards, aparecem por poucos segundos sobre o vídeo, na lateral direita, e são clicáveis. Geralmente, são conteúdos ou produtos relacionados ao conteúdo em questão. É necessário que o cartão seja realmente relevante ao espectador.

Quais são os passos para começar a anunciar?

Dependendo do tipo de anúncio que você vai veicular, as configurações sofrerão algumas alterações, mas há poucas diferenças. Basicamente, os passos são os seguintes.

  1. Crie o seu vídeo;
  2. Faça o upload em seu canal no YouTube;
  3. Acesse sua conta no Google Ads;
  4. Clique em campanhas;
  5. Clique no botão “+” para começar uma nova campanha;
  6. Selecione o tipo de campanha. Nesse caso, você deve clicar em “vídeo”;
  7. Escolha uma meta: leads, tráfego do site, consideração de produto e marca, alcance e reconhecimento da marca ou criar uma campanha sem meta;
  8. Escolha o nome da campanha;
  9. Defina o orçamento (pode ser diário ou total da campanha);
  10. Escolha a data, locais e redes para que a sua campanha seja exibida;
  11. Nomeie seu grupo de anúncios;
  12. Segmente a campanha de acordo com o perfil do seu público-alvo, palavras-chave, tópicos e canais;
  13. Cole a URL do vídeo que você deseja veicular;
  14. Escolha o formato (in-stream, discovery, bumper ou out-stream);
  15. Clique em “Salvar e Continuar”.

Feito isso, sua campanha está pronta para ser veiculada. É fundamental que você monitore o desempenho dos anúncios constantemente para mudar a sua estratégia, caso haja necessidade. Dessa forma, seus índices, como taxa de conversão e retorno sobre o investimento, tendem a crescer.

O que muitos veem como capricho desnecessário, outros enxergam uma grande oportunidade. Saber como anunciar no YouTube e conhecer boas práticas de marketing digital pode tornar uma marca desconhecida em um nome de destaque no mercado. Porém, saiba que a sua empresa deve estar preparada para atender aos novos clientes que surgirão.     

Compartilhe este artigo nas redes sociais para que seus amigos também saibam como anunciar no YouTube e, assim, aumentar suas vendas!